sexta-feira, 16 de junho de 2017

Frases

ʺPessoas fortes nunca derrubam as outras. Elas as levantamʺ.


(Michel P. Watson)

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Frases

ʺEu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprendeʺ
(Cora Coralina)

domingo, 28 de maio de 2017

ʺNinguém pode fazer com que você se sinta inferior sem o seu consentimentoʺ

(Eleanor Roosevelt)



sábado, 6 de maio de 2017

Canção do Exílio
(Gonçalves Dias)

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.
Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.
Em cismar – sozinho – à noite –
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar – sozinho – à noite –
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que eu desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

quinta-feira, 23 de março de 2017

A quem pertence o presente?


Perto de Tóquio vivia um grande samurai, já idoso, que agora se dedicava a ensinar o zen (meditação) aos jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.
Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua total falta de escrúpulos apareceu por ali. Era famoso por utilizar a técnica da provocação: esperava que seu adversário fizesse o primeiro movimento e, dotado de uma inteligência privilegiada para reparar os erros cometidos, contra-atacava com velocidade fulminante. 

O jovem e impaciente guerreiro jamais havia perdido uma luta. Conhecendo a reputação do samurai, estava ali para derrotá-lo, e aumentar sua fama. Todos os estudantes se manifestaram contra a ideia, mas o velho aceitou o desafio. 

Foram todos para a praça da cidade, e o jovem começou a insultar o velho mestre. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos, ofendendo inclusive seus ancestrais. Durante horas fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível. No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se.

Desapontados pelo fato de que o mestre aceitar tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram: "Como o senhor pode suportar tanta indignidade? Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?"

"Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita, a quem pertence o presente?" - perguntou o Samurai. "A quem tentou entregá-lo" - respondeu um dos discípulos. "O mesmo vale para a inveja, a raiva, e os insultos" - disse o mestre. "Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo. A sua paz interior, depende exclusivamente de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, só se você permitir..."


fonte: http://www.velhosabio.com.br/

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Vivendo e aprendendo

O ser humano é social e comunicável por natureza. Entretanto, quando falamos em excesso acabamos por dizer muitas besteiras. Sejam coisa óbvias, sejam bobas ou até mesmo inverdades. Como diria Renato Russo "fala demais por não ter nada a dizer".
Talvez a ansiedade, o medo, insegurança ou a soberba nos move muitas vezes a nos comunicar com o próximo a qualquer custo. Aqui cabe a dica "pense antes de falar".
Há quem diga que a humildade é a verdade, portanto como seria bom se aceitássemos a nossa condição de um ser limitado e que pode aprender muito mais ouvindo do que falando. Pois aprendemos mais com o próximo através do diálogo, não monólogo ou desabafos pessoais.
 Assim estaremos constantemente vivendo e aprendendo, crescendo em sabedoria, autoconhecimento e conhecimento de mundo.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Renegade (2000) - Hammerfall

O Hammerfall quando surgiu em 1993 e tendo o seu primeiro álbum em 1997 (Glory to the Brave), consegui resgatar a alma do Heavy Metal com seu som direto e poderoso em uma época que a cena metálica andava pouco "criativa" com muitas banda de Metal Melódico(epidemia na época) com seus vocais em tons altos, bumbo duplo no talo, fórmulas prontas e pouca pegada, peso e inspiração.
De la para cá, os suecos do Hammerfall nos surpreenderam com seus álbums, conceitos e performances ao vivo.
Renegade, terceiro disco de estúdio é matador e representa um passo a frente do seu antecessor e ótimo Legacy of Kings. Faixas como "Templars of Steel", "Keep Flame Burning", "Renegade", "Living in Victory", a comovente balada acústica "Always Will Be", "Way of the Warrior", "Destined for Glory", que após o 2° refrão tem um tema de guitarra que lembra o Metallica em "To Live is to Die" e "Legend Reborn" que encerra o álbum.
Algumas versões do disco contêm a versão de "Head Over Heels" do Accept, a qual tem a participação do próprio Udo Dirkshneider(Accept) em um dueto impressionante com o vocalista Joacim Chans.

Nota: 9,0
Ano: 2000
Gravadora: Nuclear Blast

Renegade



1."Templars of Steel"
Dronjak / Cans 5:26
2."Keep the Flame Burning"
Dronjak / Cans / Strömblad 4:41
3."Renegade"
Dronjak / Cans / Strömblad 4:23
4."Living in Victory"
Dronjak / Cans / Strömblad 4:44
5."Always Will Be"
Dronjak 4:51
6."The Way of the Warrior"
Dronjak / Cans / Strömblad 4:07
7."Destined For Glory"
Dronjak / Cans 5:10
8."The Champion"
Dronjak / Cans / Strömblad 4:56
9."Raise the Hammer" (instrumental)
Dronjak / Elmgren 3:24
10."A Legend Reborn"
Dronjak / Cans 5:10


Versão Russa


11."Run With the Devil" (Heavy Load cover)


12."Head Over Heels" (Accept cover)



Joacim Cans – vocal
Stefan Elmgren – guitarra
Oscar Dronjak – guitarra e vocais
Magnus Rosén – baixo e vocais
Anders Johansson - bateria